TikTok Contrata 10.000 Nos EUA Como Funcionários Federais Proibidos de Baixar o Aplicativo

LINHA SUPERIOR

O super popular aplicativo de compartilhamento de vídeos TikTok anunciou planos para adicionar 10.000 empregos nos EUA, mesmo com a preocupação do governo federal e das empresas privadas de que o aplicativo chinês possa ser usado para espionar usuários dos EUA.

FATOS PRINCIPAIS

Atualmente, o TikTok tem 1.400 funcionários nos EUA – acima dos 500 em janeiro; a empresa anunciou na terça-feira que contrataria mais 10.000 nos próximos três anos, relata Axios.

O TikTok, um aplicativo de mídia social de vídeo de formato curto e muito popular entre a Geração Z, é o aplicativo mais baixado do primeiro trimestre de 2020, de acordo com AdWeek.

Na segunda-feira, a Câmara votou pela proibição de funcionários federais de fazer o download do aplicativo, temendo que ele possa ser usado por autoridades chinesas para espionar os legisladores dos EUA devido ao histórico laços estreitos entre grandes corporações chinesas e o governo.

Funcionários da Marinha dos EUA, Exército, Força Aérea, Guarda Costeira, Corpo de Fuzileiros Navais, TSA, Wells Fargo, RNC e DNC já estão proibidos de baixar o aplicativo, de acordo com Business Insider.

A empresa, com sede em Pequim, contratará para as funções de engenharia, vendas, moderação de conteúdo e atendimento ao cliente com funcionários da Califórnia, Texas, Flórida e Tennessee, disse um porta-voz da empresa. Axios.

O presidente Trump disse que está considerando uma proibição em todo o país do aplicativo, de propriedade da empresa chinesa ByteDance, com a preocupação de que ele possa ser usado como uma ferramenta de espionagem ou propaganda para o governo chinês.

O TikTok também contratou 35 lobistas de Washington, incluindo um com “laços profundos” com o presidente Trump, de acordo com o New York Times.

A empresa nega a afiliação do governo chinês: “Nós nunca fornecemos dados do usuário ao governo chinês, nem o faríamos se solicitado”, disse um porta-voz da empresa. Politico Semana Anterior.

Ainda assim, a Índia proibiu o TikTok do país, chamando o aplicativo e outros aplicativos chineses uma “ameaça à soberania e à integridade”.

Big Number

2 bilhões. Esse é o número de downloads que o TikTok acumulou no final de abril, de acordo com Torre do sensor.

Contexto chave

Com um exame minucioso dos líderes dos EUA, a TikTok anunciou que abrirá centros de transparência em Los Angeles e Washington DC para que as pessoas assistam à moderação do conteúdo em andamento. Devido ao enorme público adolescente do aplicativo, tem havido muita preocupação em proteger os usuários menores, levando a empresa a lançar seu primeiro relatório de transparência no início de julho, que afirmava que 24,8% dos mais de 49 milhões de vídeos removidos entre julho e dezembro do ano passado violavam suas políticas menores de segurança, de acordo com Axios.

Leitura adicional

TikTok revela estatísticas de moderação de conteúdo em meio à crescente pressão global (Axios)

Exclusivo: Sob fogo de Washington, a TikTok promete aumento de empregos nos EUA (Axios)

“É algo que estamos vendo”: Pompeo proíbe proibição de TikTok (Politico)

Trump está considerando proibir o aplicativo chinês de mídia social TikTok. Veja a lista completa de países, empresas e organizações que já o baniram. (Business Insider)

TikTok convoca exército de lobistas à medida que crescem as suspeitas sobre os laços na China (New York Times)

Fonte: www.forbes.com